A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z

 

YGO Araújo Ferro  

(Palmeira dos Índios - AL 15/02/1980). Letrista, bailarino, cantor, jornalista. Ensino médio no Colégio Cristo Redentor, em sua terra natal. Graduado em Comunicação Social, Jornalismo, na UFAL. Cursa Expressão Vocal no CESMAC. Frequentou o curso de Desenho Comercial oferecido pelo CENARTE (2000). Na UFAL, ilustrou informativos, jornais e revistas. Ilustrou o livro Poesia é Brincar com as Palavras, de Ângela Maria dos Santos e Roberto Sarmento Lima, Maceió, EDUFAL, 2002. Além de participar como bailarino da Companhia de Dança Emília Vasconcelos de (2002-10), produziu ilustrações para os folders dos espetáculos Peter Pan, Coppélia e O Quebra-Nozes. Frequenta aulas de canto popular desde 2001, iniciou os estudos com a professora Teresa Cristina de Amorim, em seguida com a professora Claudinete Lima, no CESMAC, participando do Coral da mesma instituição (2007-10). Em 2011, foi selecionado para a 13ª Festa da Música Alagoana do Sesc (FEMUSESC), com as músicas Ruídos (poema que virou música depois da sua publicação) e Pensando..., compostas em parceria com Cristal Ribeiro e Toni Augusto. Dentro da programação da amostra de música, fez apresentações musicais em escolas públicas e participou do concerto musical realizado nos dias 04 e 05/11/2012, na Praça Multieventos, na Praia de Pajuçara. Ainda no mesmo ano, foi convidado para o projeto Circulação SESC de Música Alagoana, interpretando músicas próprias e de compositores alagoanos em shows realizados no interior do Estado. Com a música Ruídos, também participou do Festival Canta Encanto da cidade de Jundiaí-SP, 10/2012; canta no Concerto Musencantos, CESMAC, realizado no Teatro de Arena Sérgio Cardoso, acompanhado pelo pianista Ilbert Leaffa, 11/2012. No Ballet Emília Vasconcelos, como artista convidado, canta na abertura do espetáculo Uma noite em New York, no Teatro Gustavo Leite, Centro de Convenções, 11/2012. Nas artes plásticas, com desenhos, participa da Exposição Acervo SESC de Arte Popular, em cartaz na Galeria SESC Centro, sob curadoria da artista plástica Alice Barros, setembro e outubro de 2012. Com as poesias ...Ainda, Peter Pan, Taxa Mínima e Ruídos, participou da Coletânea A Poesia das Alagoas, Recife: Bagaço, 2007, p. 217-219, Carlito Lima/Edilma Bomfim (orgs.).


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

YOYÔ FILHO, João da Silva  

 (Olivença - AL 02/12/1912 - Maceió AL 29/06/1984 ). Escritor, advogado, assistente de promotor, juiz de direito, comerciante. Filho de João José da Silva Yoyô e de Virtuosa da Silva Yoyô. Graduou-se em Direito pela UFAL (1963). Advogou em Santana do Ipanema, Olivença, Carneiros, Maravilha, Batalha, Olho D`Água das Flores e outros interiores circunvizinhos, além da capital. Fundou, em fevereiro de 1950, o antigo Ginásio Santana (atualmente, denominado Colégio Cenecista Santana) e foi seu 1º diretor, além de professor de Contabilidade. Trabalhou no cartório do 2º Ofício em Santana do Ipanema. Foi nomeado Juiz da Comarca de Piranhas (1974) e atuou nas Comarcas de Delmiro Gouveia, Água Branca, Mata Grande e Olho D`Água das Flores, até chegar a Juiz titular da Comarca de Santana do Ipanema. Obra: Artigos em periódico: A Legítima Defesa Através dos Tempos, in Revista Letras Jurídicas, Maceió, Imprensa Oficial, ano 3, n.8, p.25 - 27; Posição da Legítima Defesa na Idade Média, in Revista Letras Jurídicas, Maceió, Imprensa Oficial, ano 4, n.9, p. 51 - 54; O Direito na Conceituação dos Filósofos, in Revista Letras Jurídicas, Maceió, ?, 1968, ano 6, n.13, Agosto, p. 45-46.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

<< Anterior Próxima >>