A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z

 

SANDOVAL, Rosália nome literário de Rita de Souza Abreu  

 (Maceió - AL 30/03/1876 ou 1884 - Rio de Janeiro - RJ 30 (20) mar. 1956). Poetisa, cronista, jornalista, professora. Filha de Felício Santiago de Abreu e Epifânia de Pontes Abreu. Irmã do poeta Sebastião de Abreu. Aos trinta e dois anos de idade, foi removida da cadeira de professora primária de Tatuamunha, em Porto de Pedras, para a de Jussara em União dos Palmares, de onde foi transferida para a cadeira de Piquete, em novembro de 1906. Dirigiu o Colégio Parthenon. Professora de Português e Francês. Viveu no Rio de Janeiro, a partir da década de 1920. Obras: Curso Elementar de Português - Em Pequenos Exercícios Práticos, Viçosa: Tip. Econômica, 1921; Alvorada, Maceió: Tip. Papelaria Comercial, 1904 (poesia) Através da Infância, Recife: Imprensa Industrial, 1918 (literatura didática) Violetas, Maceió: Tip. Alagoana, 1922 (poesia) Versos Alheios, Rio de Janeiro: Alba Oficinas Gráficas, 1930 (tradução de poetas da Argentina, Uruguai e Chile) Cingo, Maceió: [s.d.] mimeo. (poemeto) Quando as Roseiras Floriram..., Rio de Janeiro: Asa Artes Gráficas, 1947 (poesia) Queda e Ascensão, 1952. mimeo. no Rio de Janeiro, afirma-se que o exemplar único é de propriedade de Moacir Medeiros de Sant-Ana; Mentir Também é Arte, 1974; Preces à Humanidade, Rio de Janeiro: Cia. Brasileira de Artes Gráficas, 1954, 2a. edição (literatura espírita) Os Contos que D. Mira Contava, obra citada por Guiomar Alcides, no Jornal de Alagoas em 17/11/1985 (literatura infantil). Colaboração nos periódicos: Almanaque Literário Alagoano, Maceió, nos anos de 1900 e 1901, com os seguintes textos: Considerações (prosa), Viúva (poema), Eterno Ideal (dedicado ao organizador do referido almanaque), Entre Lágrimas (texto em prosa, dedicada à amiga Maria Tavares Jucá, in memoriam), Novembro (poesia em homenagem ao mês do pombo e do rouxinol) O Rosal, Maceió/AL, 1903; O Lírio, Polianto, O Orvalho e A Lira, revistas de Pernambuco; Fortaleza, Fortaleza/CE, 1906-08; Rua do Ouvidor, Rio de Janeiro, 1906-08. Teve transcrito trabalho por Romeu de Avelar em Coletânea dos Poetas Alagoanos.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

SANDRA CEDRIM nome artístico de Sandra Antunes Rocha  

 (AL). Escritora, bailarina, fisioterapeuta, professora. Ensino Fundamental, Colégio Santíssimo Sacramento (1976). Ensino Médio, Colégio Sagrada Família (1984). Curso técnico/profissionalizante, SENAC/RJ (1991). Graduação em Educação Artística, CESMAC (2000) com o TCC: Análise dos Currículos Escolares de 1º e 2º Graus e Material Didático. Graduação em Fisioterapia, FAA (2011) com o TCC: Pilates: Recurso Fisioterapêutico Como Melhoria da Qualidade de Vida em Idosos. Mestrado em Fisioterapia, Universidad Catolica Nuestra Senora de La Asuncion, Paraguai, em andamento desde 2007, com a dissertação: Efeitos da Cinesioterapia Sobre os Níveis de Dor, Amplitude de Movimento e Concentração de Hidroxiprolina em Pacientes de DORT. Outros cursos: Ballet, Ballet Eliana Cavalcanti (1982) Pilates, FAL (2007) Drenagem Linfática Manual Pré e Pós-Cirurgia, FAA (2009) Fisioterapia Respiratória: Princípios e Técnicas, FAA (2009) Drenagem Linfática Manual Pré e Pós-Cirurgia, SENAC (2009) Flexibilidade e Alongamentos, Ballness e Pilates, FIEP (2011) Pilates Avançado e Pilates Clássico e Científico Studio e Mat Pilates, FisioCiência/SP (2011) Alongamentos, Ballness e Pilates, FIEP (2011) Flexibilidade e Alongamento, FIEP (2011). Professora de Ballet Clássico, Ballet Clássico de Maceió, 1988-92. Gerente, Maciel Filhos e Cia., 1996-1997. Gerente Comercial na Tal Propaganda e Comunicação, 1998. Gerente, Madu Presentes e Conveniências, 1999. Professora no SATED-AL, desde 2000. Professora de Ballet, Academia de Dança Maria Emília Clark, 2000-07. Professora na SEE, 2005. Superviora de Ergonomia e Ginástica Laboral, TRT 19ª Região, desde 2007. Professora, Colégio Santa Úrsula, 2007-08. Pesquisadora, FAL, 2007-10. Proprietária do Instituto Kartmann & Rocha, desde 2009. Capítulo de livro: Atuação de Profissionais da Área de Educação Física e a Inclusão de Alunos Portadores de Necessidades Especiais da Rede Pública do Município de São Miguel dos Campos-AL, juntamente com J. P. P. Silva, C. Hartmann, Maria Celeste Campello Diniz, in Livro de Memórias do V Congresso Científico Norte-nordeste - CONAFF, José Fernandes Filho, Anderson Carvalho e Giselly Mendes Sermoud (Org.) Fortaleza: Elementus Comunicação e Marketing (www.elementuscomunicacao.com.br), 2008, v. V, p. 42-48. Artigo em periódico: Benefícios da Hidroginástica no Período Gestacional que Apresenta Quadro de Dor Lombar, juntamente C. Hartmann, Lourdes Andréia Mesquita Buarque França, in The FIEP Bulletin, 2011, v. 81, p. 617-620. Produção artística e cultural: Ballet Clássico de Maceió, Branca de Neve na Floresta Encantada, juntamente com Marcela Inojosa, 1988; Um Sonho de Natal, juntamente com Marcela Inojosa, 1989; Academia de Dança Maria Emília Clark: O Círculo dos Anjos, 2000; A Civilização das Máscaras, 2001; Animus, 2002; Nettea Uma Homenagem a Ladislau Neto, 2003; Portais, 2004; Mãos, 2005. Chalita, 2006.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

SANDRO BECKER nome artístico de Emanuel do Vale Trindade  

 (União dos Palmares - AL 12/08/1954). Cantor, campositor, advogado. Graduado em Direito. Em União dos Palmares, aprendeu a tocar instrumentos e cantar. Iniciou a carreira artística como radialista em Maceió, em 1972. Em 1975, participou de um concurso de calouros no programa do Chacrinha, no Rio de Janeiro, onde competiu e ganhou não só o prêmio final, mas também o apreço do apresentador da TV. Sobre o seu nome artístico, adotado nessa época, o sobrenome foi escolhido por causa da atriz brasileira Cacilda Becker, tendo o -soar bem- do seu nome facilitado o -empurrão- para conseguir apresentar-se no Chacrinha, já que o prazo das inscrições do concurso estava encerrado. Na música, iniciou com o rock rural, propagado por nomes como Raul Seixas e Sá, Rodrix e Guarabira. Entretanto, o humor e a irreverência começaram a ganhar notoriedade, o que o fez seguir outro estilo. Assim, começou a incluir em seu repertório músicas com um tom malicioso, o chamado Forró Malícia, e surgiram sucessos como -A velha debaixo da cama-, -O gato Tico- e -Julieta-, que rendeu 1 milhão de cópias em 1986, ganhando dois discos de ouro e troféus variados. Apesar de ser mais reconhecido por cantar músicas do Forró Malícia, tem em seu repertório letras como -Xote dos Milagres-, que fez bastante sucesso com a banda Falamansa. Compôs "Viagem da Carmelita", "Cabo Velho" e "Quiabo Gigante". Gravou 22 LP´s. Compôs "Viagem da Carmelita", "Cabo Velho" e "Quiabo Gigante". Gravou 22 LP´s.Discobrafia: CD100 Anos de Gonzagão, Produção Independente, 2012; Sandro Becker Vol. 3,em que são de sua autoria as composições: Melô da Ângela; Dia de Festa; Chá de Cozinha, juntamente com Cesário Silva: CD Sandro Becker - Vol. 11 - For All, Forró, Forrock, Copacabana, 1991, em que são de sua autoria as composições: A Raspadinha, O Descamisado, Chapeu de Bode, O Rei da Sanfona, A Revolta dos Camelos, juntamente com Pinto-Juriti; Metais de Renda, juntamente com João Gonçalves; Os Óculos do Severino, juntamente com Talmo; O Homem Prometeu, juntamente com Jorge de Altinho; Zé Trovão, juntamente com Almyr. CDSó Deus Cala Minha Voz, Gema Music, 2011, em que são de sua autoria as composições: Só Deus Cala Minha Voz, Adeus Mariana, Filho da Terra, Caia Por Cima de Mim, Tome Forró, O Bingo, Olha a Rima, O Rico e o Pobre, Mariá, A Velha Debaixo da Cama, Tico Tico, Forró Cheiroso, Vamos lá Prá Ver, Seu Buzzet, Casa das Primas, Minha Mulher Quis Voltar, A Sanfona da Vela. Atualmente, apresenta na TV Independente, afiliada da Rede TV!, em Natal, o programa -Forró Total-.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

SANT-ANNA, Marlene Oliveira de  

(AL ? ). Obra: Instrumental Básico Para Centro Cirúrgico, Série Cadernos de Enfermagem Médico-Cirúrgica, Maceió: SERGASA, 1991.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DA CIDADE DE MACEIÓ  

Fundada em 07/09/1851, no governo de José Bento da Cunha Figueiredo. Pela Resolução n. 314, de 23/04/1857, teve aprovado o seu Compromisso de Santa Casa de Misericórdia, porém somente em 02/08/1921, no governo Fernandes Lima, teve seu registro em cartório. Viveu inúmeras dificuldades financeiras, tendo se recuperado quando Manuel José Duarte, médico do seu corpo clínico, governou Alagoas. Ampliou-se significativamente criando o Hospital Infantil, o Hospital do Câncer e o Pronto Socorro. Com a criação da Faculdade de Medicina, hoje incorporada à UFAL, passou a oferecer ao currículo-médico universitário o campo propício para cadeiras especificas. Provedores: Serafim Costa, Araújo Rego, Raul Brito, Hermann Soares, Xavier Acioli, Antônio Mário Mafra, Álvaro Peixoto, Luiz Calheiros, Osório Gatto, Mario Lima, Sizenando Nabuco, entre outros. Publicou: Relatórios da Santa Casa de Misericórdia, Referentes aos Anos de 1919/20/23/24/25/26/27 e 1934, Maceió; Compromisso da Santa Casa de Misericórdia da Cidade de Maceió, Capital da Província de Alagoas, Maceió: Tip. Commercial de Moraes e Costa, 1858.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

SANTA CRUZ  

Serra. Segundo IFL, pertencente à cadeia do Pediplano Sertanejo, próximo à Lagoa da Canoa.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

SANTA CRUZ DO 20 BC ?  

Clube de futebol. Participou dos Campeonatos Alagoanos de 1937; 1939 a 42; 1944 a 46; 1948; 1974 a 1975 e 1993.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

SANTA CRUZ, Theotônio  

(AL ? ). Obra: D-e Escalpelo em Punho, Maceió: Casa Ramalho, 1924. Artigos anteriormente publicados no Diário da Manhã.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

SANTA CRUZ, Zadir Índio de  

veja ÍNDIO, Zadir ... de Santa Cruz.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

SANTA EFIGÊNIA  

Distrito do município de Capela.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

4 . 5 . 6 . 7 . 8 . 9 . 10 . 11 . 12