A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z

 

REBELLO, Lúcia Sá  

(AL?). Escritor. Obra: Mar Alto - Travessias Pelo Romance Calunga de Jorge de Lima, Maceió: EDUFAL, 2009, juntamente com Simone Cavalcante de Almeida (orgs.), onde escreveu Mares de Mito e História, p. 13-75.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

REBELO, Djalma  

(Viçosa - AL ?). Cordelista, professor. Obra: Os Políticos e a Eleição, São Paulo, 2006. Vive em São Bernardo do Campo. Professor de Geografia da rede pública de São Paulo.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

REBELO, Helder Falcão  

(AL ?). Secretário de estado. Toma posse, em 29/08/1989, na Secretaria de Transportes, Obras e Recursos Naturais, cargo do qual é exonerado em 15/03/1991, ao final do governo Moacir Lopes de Andrade.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

REBELO, José  

(?? ). Escritor.Obra:Artigos em periódico: O Instituto da Emissão de Posse no Vigente C.P.C., inRevista Letras Jurídicas, Maceió: Imprensa Universitária, Ano 12, n.19, abril/junho, 1974, p.81 -82. Medidas Cautelares, in Revista Letras Jurídicas, Maceió: Imprensa Oficial, 1976, ano 15, n.22, agosto, p. 69 - 71.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

REBELO, José ALDO... Figueiredo  

(Viçosa - AL 23/02/1956). Ministro, deputado federal por SP, vereador em SP, jornalista.Filho de José Figueiredo Lima e Maria Cila Ribeiro Figueiredo. Tem o curso de Direito, incompleto, pela UFAL, tendo o frequentado entre 1975-1978. Sua militância política se inicia quando ingressa na universidade. Em 1977, muda-se para São Paulo e se elege para a direção regional e nacional do Partido Comunista do Brasil (PC do B). Regressa a Alagoas, onde trabalha como jornalista. Participa, em 1978, como delegado do Sindicato dos Jornalistas de Alagoas, do Congresso Extraordinário pela Liberdade de Imprensa, em São Paulo. Em 1979, é delegado no Congresso de Reconstrução da UNE, em Salvador. Neste mesmo ano, é eleito secretário-geral da entidade. Em 1980, eleito presidente da UNE, muda-se novamente para São Paulo, onde funcionava a sede nacional da instituição. Participa, nesta qualidade, de diversos congressos internacionais de estudantes, bem como membro da delegação brasileira que visitou os refugiados nos campos palestinos na Síria e no Líbano, a convite da OLP (1980). Em 1981, por estar em clandestinidade do PC do B, filia-se ao PMDB, onde permanece até 1985, quando o PC do B torna-se legal. Candidata-se, em 1982, a deputado federal, porém sem êxito. Eleito para a legislatura 1989-91 para a Câmara dos Vereadores (SP), pelo PC do B, participa de Comissões, permanentes e temporárias, e, ainda, da CPI das Irregularidades na Administração Jânio Quadros e CPI das Ossadas no Cemitério de Perus. Para a Câmara Federal, foi eleito, sempre pelo PC do B, para as legislaturas 1991-95, 1995-99, 1999-2003 e 2003-2006, sendo, em 2003, indicado como líder do governo. Em janeiro de 2004, é nomeado Ministro-Chefe da Coordenação Política e Assuntos Institucionais. Participou da Comissão de Responsabilidades do Presidente da República, a qual analisou o pedido de impeachement do presidente Collor; Comissão de Constituição e Justiça e de Redação; Comissão de Relações Exteriores; Comissão de Educação, Cultura e Desporto; Comissão e Economia, Finanças e Dívida Externa. Participou, ainda, do II Congresso Brasileiro de Vigilância de Medicamentos (SP, 1994) e da Convenção dos Contabilistas do Estado do Rio de Janeiro (1993). Fundador e primeiro-coordenador nacional da União da Juventude Socialista (UJS). Representante do Brasil na Reunião do Parlamento Latino-Americano - Comissão de Economia, Finanças e Dívida Externa e Comissão de Minas e Energia (Iquique, Chile, 1994). Secretaria de Coordenação Política e Relações Institucionais permaneceu no cargo, entre 23/01/2004 a 20/07/2005. Em 31 /11/2011, assume o Ministério dos Esportes. Em 01/01/2015 assume o Ministério de Ciência e Tecnologia. Obras: No Olho do Furação: Luiza Erundina, a Campanha e a Vitória, São Paulo: Alfa-Ômega, 1989; Reeleição, Escalada Contra a Democracia, juntamente com Barbosa Lima Sobrinho e Décio Saes, São Paulo: Anita Garibaldi, 1997; Administração Sindical em Tempo de Crise, São Paulo: Centro de Estudos Sindicais, 1999 (Aldo Rebelo et.al. Altamiro Borges, organizador) O Jogo Vermelho.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

REBOQUE  

Jornal -crítico e noticioso-, surge em Pilar, em 09/09/1891. Semanal, publicado em dias indeterminados, na Tipografia do Manguaba. Bibl. Nac. microf. ano I n. 03 de 22/09/1891.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

REBOUÇAS, Antonio Pereira  

(BA -?). Deputado geral por AL e BA. Em Alagoas, no período 1845- 47; na Bahia, no período 1830-33; 34-37.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RECANTO  

Rio, afluente, pela margem esquerda, do rio Paraíba do Meio, segundo o Convênio SEMA/SUDENE/Governo do Estado.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RECO-RECO, O  

Jornal que, segundo Ivan Barros, teria circulado em Palmeira dos Índios.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RECONCILIAÇÃO  

Jornal fundado em 1977 por Carlos Gomes da Silva.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

3 . 4 . 5 . 6 . 7 . 8 . 9 . 10 . 11