A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z

 

RAMOS, Petrônio Sandes  

(AL?). Secretário de estado. Toma posse, em 12/09/1994, na Secretaria de Administração, cargo do qual é exonerado em 08/11/1994, no governo Geraldo Bulhões.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RAMOS, Raul... Pereira  

(Pilar - AL 14/07/1893 - Maceió? - AL 12/07/1945). Músico, compositor, bancário. Filho de Manuel Ramos de Araújo Pereira e Ana Rodrigues Acioli Pereira. Muitas das suas composições não chegaram a ser impressas, tais como Bendita Valsa, Funeral de Sogra, Katucha, Pás-de-Quatre, Tua Por Toda a Vida. A Valsa que Chora foi editada em 1914. Soluço Infinito, valsa para piano, com letra de Fernando de Mendonça, editada em Maceió: pela Litografia Trigueiros, em 1920. Muitos dos manuscritos de suas músicas sacras estão no IHGAL, tais como: Ave Maria, Cor Jesus, Domine, Hino ao Sagrado Coração de Jesus, Ladainha, O Maria Concebida sem Pecado, Padre Nosso, Sicuterat.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RAMOS, Ricardo de Medeiros  

(Palmeira dos Índios - AL 04/01/1929 - São Paulo-SP 20/03/1992). Publicitário, professor, advogado. Filho de Graciliano Ramos e Heloísa de Medeiros Ramos. Primeiros estudos em Maceió, no Colégio Diocesano. Transfere-se para o Rio de Janeiro e se diploma em Direito pela Faculdade de Direito da Guanabara. A partir de 1948, colabora em revistas e suplementos literários. Jornalista; durante sete anos trabalhou na imprensa carioca. Redator das seções literárias de Para-Todos, da Gazeta,do Diário de Notícias, da Última Hora.Colaborou, também, no suplemento literário de O Estado de São Paulo. Publicitário, em São Paulo, onde passou a residir em 1957, dedicou-se à propaganda comercial. Redator-chefe, por quatro anos, da revista Propaganda.Professor de Redação, da Faculdade de Comunicação Social Anhembi, e de História da Propaganda, da Faculdade de Comunicação da Fundação Cásper Líbero. Ao contrário do pai, que estreou na maturidade, publicou seu primeiro livro com 24 anos, em 1954. Membro da AAL, onde ocupou a cadeira 10. Patrono da cadeira 22 da APALCA. Prêmios: Guimarães Rosa - IV Concurso Nacional de Contos, PR, 1971; Jabuti - Câmara Brasileira de Livro, 1971; Câmara Municipal de São Paulo, 1962; Associação Paulista de Críticos de Arte, 1974, entre outros. Obras: Tempo de Espera, capa de Santa Rosa, Rio de Janeiro: José Olympio, 1954, (contos) Terno de Reis, capa e ilustrações de Darel, Rio de Janeiro: José Olympio, 1957, Prêmio Prefeitura Municipal de São Paulo, 1957 (contos) Os Caminhantes de Santa Luzia, ilustrações de Otávio Araújo e prefácio de J. Guinsburg, São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1959, Coleção Novela Brasileira/4, Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro, 1959; Os Desertos, ilustração e capa de Percy Deane, São Paulo: Melhoramentos, 1961 (contos), Prêmio Afonso Arinos, da Academia Brasileira de Letras 1960/61 e Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro, 1961; Rua Desfeita, Rio de Janeiro: José Álvaro Ed., 1963 (contos) Memória de Setembro: José Olympio, 1968 (romance), Prêmio Coelho Neto, da Academia Brasileira de Letras, 1967/68; Matar um Homem, São Paulo: Ed. Martins, 1970 (contos), Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro e Prêmio Especial Guimarães Rosa, do Governo do Estado do Paraná, Circuito Fechado, São Paulo: Ed. Martins, 1972, (contos) As Fúrias Invisíveis, Ed. Martins, São Paulo, 1974, (romance) Contos Escolhidos, 1976 (seleção de contos) Toada para Surdos, Rio de Janeiro: Record, 1977, (contos) Os Inventores Estão Vivos, Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1980 (contos) 10 Contos Escolhidos, Horizonte, em co-edição com o Instituto Nacional do Livro/Fundação Pró-Memória, Brasília, 1983 (contos) O Sobrevivente, São Paulo: Global Editora, 1984; Os Amantes Iluminados, Rio de Janeiro: Rocco, 1988; Pelo Amor de Adriana, São Paulo: Scipione, 1988; Desculpe a Nossa Falha, São Paulo: Scipione, 1987 (contos) Lembrança de Graciliano, in GARBUGLIO, J. C. et alii, Graciliano Ramos, São Paulo: Ática, 1987; Graciliano: Retrato Fragmentado, São Paulo: Siciliano, 1992 (memórias, obra póstuma) Flipping, Oakland (CA), Floating Lótus, 1998; O Rapto de Sabino, 1992 (juvenil) Arte Popular Pernambucana, fotografias de Edmond Dansot, textos de Ricardo Ramos, Recife: Sistema Financeiro Brasileiro-Credibanco, 1982. Sua obra foi traduzida para o inglês, o alemão, o russo e o espanhol. Participou de diversas antologias - chega-se a afirmar que em cerca de 200 -, destaca-se em 20 Contos Brasileiros, edição norte-americana de R. Anthony Castagnaro; colaborou em periódicos. Com Circuito Fechado,participou do livro Contos Alagoanos de Hoje, São Paulo: LR Editores Ltda., Maceió: Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Alagoas, 1982, e para o qual fez a seleção, prefácio e notas e as ilustrações são de Pierre Chalita; As Roupas, Revista da AAL, n. 04, p. 43-46 (conto) Os Inventores Estão Vivos, Revista da AAL, n. 06, p. 61-67 (conto) Eu Fui à Fonte, Revista da AAL, n. 07, p. 41-45 (conto) A Casa do Encantado, Revista da AAL, n. 08, p. 75-81 (conto) Casados X Solteiros, Revista da AAL, n. 09, p. 25-30 (ficção) Um Guaraná Para o General, Revista da AAL, n. 10, p. 32 (conto) Cosme e Damião, Revista da AAL, n. 11, p. 43-48 (conto) A Marca do Contista, Revista da AAL, n. 12, p. 183-185 (crítica) Notícia, Revista da AAL, n. 13, p. 109-111 (conto) Alma de Relojoeiro, Revista da AAL, n. 14, p. 269-272 (depoimento) A Tonalidade Era Uma Escolha Sua. Revista da AAL, n. 14, p. 336-338; Patrimônio de Estima, Revista da AAL, n. 15, p. 223-228 (discurso de recepção à Heliônia Ceres) com o conto O Saxofone, participou da Antologia de Contistas Alagoanos, organizada por Romeu de Avelar, Maceió: Departamento de Ciência e Cultura, 1970, p.255-264; e teve ainda este mesmo conto reproduzido em Os Contos de Alagoas - Uma Antologia, de Antônio S. Mendonça Neto, Maceió: Catavento, 2001, p. 259-270; apresentou o livro Noturno de Dó Maior, de Heloísa Marinho de Gusmão Medeiros. Em sua área específica de trabalho, publicou: Contato Imediato com a Propaganda, 1987; Do Reclame à Comunicação - Pequena História da Propaganda no Brasil, São Paulo: Atual Editora, 1970; Um Estilo Brasileiro de Propaganda, São Paulo: CBBA: LR Editores, 1983; História da Propaganda no Brasil, 1982; Memórias de Hollywood, organização de Julieta de Godoy Ladeira, São Paulo: Nobel, 1987, Ricardo Ramos [et al.]; Dez Contos Sobre o Trabalho/ João Justiniano da Fonseca [et al], textos selecionados por Ricardo Ramos, São Paulo: Editora e Livraria Escrita, 1982; Cidade, seleção e notícias biográficas de Ricardo Ramos, São Paulo: Scipione, 1990.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RAMOS, Sebastião Ávila  

( ? ). Sócio efetivo da Academia Alagoana de Medicina Veterinária, onde ocupa a cadeira nº 16.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RAMOS, Vanda Ávila conhecida como Vandinha  

 (Palmeira dos Índios - AL 26/11/1937 - Maceió - AL 25/12/2000). Geógrafa, advogada, professora. Filha de Clóvis Ramos e Maria Gilza Ávila Ramos. Iniciou seus estudos no Colégio Imaculada Conceição e foi uma das primeiras alunas do Colégio Cristo Redentor em Palmeira dos Índios, estudando lá até a 8ª série. Depois veio para o Instituto de Educação, em Maceió. Graduou-se em História e Geografia, na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, e em Direito. Fez Mestrado em Pernambuco, na área de Geografia, em 1979, defendendo a dissertação Equipamentos Urbanos em Cidades de Médio Porto: O Caso de Palmeira dos Índios. Nunca exerceu a advocacia. Foi professora nos colégios: Guido de Fontgalland, Professor Benedito Moraes, em Maceió; Colégio Pio XII, Colégio Sagrada Família, Colégio Francisco Cavalcante, Colégio Normal Monsenhor Macedo e na Escola Técnica de Contabilidade, todos em Palmeira dos Índios. Foi diretora do Ginásio Francisco Cavalcante, professora catedrática do Colégio Humberto Mendes e 1ª Coordenadora Regional de Ensino em Palmeira dos Índios. Durante o 7º Encontro de Geógrafos Brasileiros, em 1988, teve seu trabalho publicado pela AGB, em co-autoria, Laudo Técnico: Avaliação das Enchentes. Fez também um levantamento da Serra da Barriga para o Núcleo de Estudos Afro-brasileiros da UFAL. Professora da UFAL. Obra: Além da Conquista da Terra: A Sustentabilidade dos Assentamentos Rurais em Alagoas, Maceió: UFAL/Prodema, 1999, juntamente com Vinicius Nobre Lages.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RAMOS, Viviane Carrilho Leão  

(Maceió - AL 25/07/1962). Escritora, professora, engenheira. Graduação em Engenharia Civil, UFAL (1984). Mestrado em Engenharia Civil, PUC (1988). Doutorado em Engenharia Civil, UFRJ (1999). Constitut Modellingand Fluid/Structure Interact, UFPE (2008). Funde Inplem. De Sub-rotinas Aplic. Plasticidade, Laboratório de Computação Científica e Visualização (2008). Professora da UFAL, desde 1987. Artigos em periódicos: Contribuição ao Estudo do Fenômeno de Arqueamento do Sistema Solo-Duto Utilizando o Método dos Elementos Finitos, juntamente com Arnaldo dos Santos Júnior, Diogo Tenório Cintra, Eduardo Nobre Lages, in Revista Petroquímica, Petróleo, Gás & Química, Petro & Quimica, 2006, v. 289, p. 46-49; Stochastic Particle Packing With Specified Granulometry and Porosity, juntamente com A.C. Frery, L. Rivarola-Duarte, A. Ramos, W. W. M. Lira, in Granular Matter (Print), 2012, v. 14, p. 27-36. Softwares sem registro de patente: WEBARQ, juntamente com Diogo Tenório Cintra, Eduar do Nobre Lages, 2003; RELAX, juntamente com Rodrigo Mero Sarmento da Silva, Eduardo Nobre Lages, 2005; PORO, juntamente com E. N. Lages, M. C. Sena, 2008; PORO, juntamente com E. N. Lages, R. A. Fernandes, 2009.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RANGEL, Armindo Ataíde  

(Passo do Camaragibe - AL 09/09/ 1874 - Rio de Janeiro - DF 1936). Poeta, jornalista, engenheiro. Filho de José Francisco do Rego Rangel e Flavia de Ataíde Rangel. Aos vinte anos, deixou a terra natal, indo para o Rio de Janeiro.Diplomado em Engenharia Civil, pela Escola Politécnica do Rio de Janeiro (1904). Foi engenheiro-chefe da Prefeitura do Distrito Federal. Obras: Livro de Julieta, Rio de Janeiro: Pinheiro Editor, 1901 (poesia) OutrosPoemas, Rio de Janeiro: Editorial Alba, 1933 (poesia) participou em antologias.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RANGEL, Helder Cleber de Castro  

(?). Poeta. Bacharel em Comunicação Social pela Universidade Federal de Pernambuco. Participou com Conversando e Compreender da Coletânea Caeté do Poema Alagoano, p. 104-105.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RANULPHO, Dom  

Veja FARIAS, Dom Ranulpho da Silva.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

RAPOSO, Américo  

(?). Sócio correspondente do IAGA Obra: A Arqueologia na Questão do Homem, Revista do IAGA, n. 10, dez. 1877, p. 271-283;


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

1 . 2 . 3 . 4 . 5 . 6 . 7 . 8 . 9