A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z

 

PALESTINA  

Município. -Por volta de 1880, a área onde hoje está o município era uma fazenda de Joaquim Félix de Melo e Manoel Januário de Carvalho. Depois de suas mortes, suas famílias se mudaram para outra região. Em 1940, José Ferreira de Melo, vindo de Pão de Açúcar, chegou à antiga fazenda, onde instalou uma mercearia e um entreposto de compra de cereais. Montou, em seguida, uma fábrica de laticínios que manufaturava, na época, cerca de 10 mil litros de leite por dia, além de um descaroçador de algodão. Nessa ocasião, o local era conhecido como Retiro de Cima. Em pouco tempo se formou um pequeno povoado. A primeira feira foi instalada pelos moradores, em 1949. O comércio se expandiu e Retiro se desenvolveu. Além do José Ferreira de Melo, considerado o fundador, e quem liderou o movimento pela emancipação, são lembrados, como pioneiros, Manoel Silvino de Carvalho, Pedro Félix de Melo, Arestides Joaquim de Carvalho, Josué Rodrigues de Carvalho, Manoel Joventino de Carvalho, Pedro e Manoel Joaquim de Carvalho.- O município foi criado em 27/08/1962, pela Lei 2.469, que muda o nome de Retiro para Palestina, e, instalado em 08/09/1962. Desmembrado de Jacaré dos Homens. Seu topônimo nasce de motivos religiosos. Encontra-se na microrregião de Santana do Ipanema e na mesorregião do Sertão Alagoano. Base econômica: agricultura. Palestinenses.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

PALESTRA, A  

-Pequeno periódico crítico-, formato in-oitavo, publicado a partir de 1889, na vila da Matriz de Camaragibe, por Ivo Álvares de Souza. Teve curta duração.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

PALESTRA, A  

Surge em 07/02/1902, em Maceió, como semanário literário, noticioso e humorístico. Dirigido por Fernandes Costa.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

PALHA  

Rio. Um dos principais afluentes, da margem esquerda, do Rio Traipu, segundo o Convênio SEMA/SUDENE/Governo do Estado de Alagoas.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

PALHARES, Walter  

( AL ). Cineasta. Seu primeiro audiovisual, de 2009, de uma hora e cinco minutos, é A História do Maior Clube de Futebol de Alagoas, segundo Elinaldo Barros, na 2ª edição de Panorama do Cinema Alagoano.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

PALHAÇO CAMARÃO ou Rubens Camarão como é conhecido José Araújo dos Santos  

 (Arapiraca - AL ). Palhaço, ator. Fez parte da Turma do Palhaço Biribinha durante os anos de 1991-96, onde aprendeu o seu oficio e teve sua iniciação nas artes cênicas. Como ator, participou do espetáculo A Paixão de Cristo, entre 1998 e 2008, em Arapiraca. Em 2007 participou do projeto Doutores da Alegria apresentando-se em clínicas e hospitais de sua região. Novamente com a Turma do Biribinha, apresenta o espetáculo Papai Noel no Parque Municipal de Arapiraca e participa de projeto na Semana Nacional do Trânsito. Aprimorando seus conhecimentos, participa de diversos cursos, oficinas e palestras: Teatro do Oprimido, com Paulo César, promovido pela ONG Candeeiro Aceso (duração de 5 meses) Teatro Vivo, com Wellington Santos, promovido pelo projeto Corredor Cultural (duração de 12 meses) Orientação e Formação a Legalização de Grupos Teatrais e Formatação de Projetos Culturais, promovido pela Associação dos Artistas da Massaranduba. Durante o ano de 2008, participou de apresentações em sua cidade: O Desejo de uma Mulher, no Memorial da Mulher; Camarão show - Bonecos e Palhaços no Trânsito, Semana Nacional do Trânsito, Praça Luis Pereira Lima; O Sombra, Praça Marques da Silva e Parque Municipal; Quem Não Rir na Entrada, Ri na Saída, Festival Candeeiro Aceso, com a Cia. Teatral Luzes da Ribalta - Parque Municipal; Raízes, Conferência Municipal da Juventude, com a Cia. Teatral Luzes da Ribalta, (UNEAL). Nesse mesmo ano, participou do espetáculo Overdose, com a Cia. Teatral Luzes da Ribalta, Teatro Jofre Soares (SESC/AL). Atuou também como instrutor de teatro na Escola de Tempo Integral Benilto Barbosa e na Fundação de Assistência às Meninas e Meninos (FAMMA), em Arapiraca. Em 2011 participou do espetáculo Se o Defunto Falasse da Cia. Teatral Luzes da Ribalta. Em 2012 atua no espetáculo Escola Maluca no Centro de Convenções de Maceió, e como professor de teatro na Escola de Tempo Integral Zélia Barbosa Rocha, em Arapiraca. Catalogado pelo Mapeamento Cultura, SECULT-AL.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

PALHAÇO DE BANDINHA como é conhecido Severino José dos Santos  

 (Cavaleiro - PE 02/09/1940). Palhaço. Vive em Campestre. Começou a trabalhar no circo em 1965. Participou dos circos Água Azul, Família Alves, Circo Copacabana, Circo Cultural da SECULT, entre outros. Já se apresentou em outros estados e hoje trabalha no circo do Palhaço Biribinha. Catalogado pelo Mapeamento Cultura, SECULT-AL.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

PALHAÇO GUARDA-CHUVA como é conhecido Etevaldo Ribeiro  

 (? 03/03/1981). Palhaço. Aos 7 anos, quando via os circos que vinham a Maceió e depois iam embora, ficava tão empolgado que montava o seu próprio circo no quintal de casa. Aos 9 anos foi trabalhar no Circo Mágico S. Luis e desde então passou a viver no circo com o qual viajou pelo Brasil. Teve um circo, mas, há 4 anos, o vendeu por motivos de saúde. Foi instrutor de crianças quando existia um circo-escola na Praça Sinimbu. Hoje fica aguardando o circo dos outros, para poder se apresentar. Gosta de fazer paródias. Catalogado pelo Mapeamento Cultura, SECULT-AL.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

PALHAÇO MIXURUCA como é conhecido Teófanes Antônio Leite da Silveira Júnior  

 (Arapiraca - AL 1980). Palhaço. Filho de Teófanes Antônio Leite da Silveira, conhecido Palhaço Biribinha. Começou a se apresentar em 1986, com 6 anos de idade, junto com seu pai. Ao longo dos anos, continuou trabalhando e aperfeiçoando seus talentos. Hoje faz parte da Companhia Teatral Turma do Biribinha, que se apresenta em programas de TV em nível nacional e nos principais festivais de teatro do Brasil. Catalogado pelo Mapeamento Cultura, SECULT-AL.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

PALHAÇO XILILIQUE DE CÁPRIO como é conhecido Edvaldo Joaquim dos Santos  

 (? 08/03/1981). Palhaço. Trabalha no circo desde 1995. Começou fazendo teatro e quando foi convidado para ir conhecer o trabalho do circo, inspirou-se para começar a atuar como palhaço. Desde então, faz apresentações com o grupo Estrelarte. Já participou de eventos e feiras dentro e fora do Estado de Alagoas, como São Paulo e Sergipe. Participa de oficinas de teatro, ministrando aulas para comunidades carentes dos bairros do Santos Dumont e Eustáquio Gomes. Catalogado pelo Mapeamento Cultura, SECULT-AL.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

3 . 4 . 5 . 6 . 7 . 8 . 9 . 10 . 11