A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z

 

NABUCO, Sizenando ... de Melo  

(Passo de Camaragibe - AL 16/07/1906 - Maceió - AL 04/09/1989). Vice-governador, deputado estadual, prefeito interino da capital, advogado. Filho de Senhorinho Alves de Melo e Francisca Teodoro Nabuco de Melo. Primário no Colégio Diocesano e ginasial no Ginásio Alagoano, ambos em Maceió. Forma-se em Direito no Recife (1931), um ano depois de ter sido nomeado promotor público da comarca de Maragogi. Após formado, foi nomeado primeiro suplente de juiz municipal do Pilar e, ainda no final de 1931, promotor público da comarca de São Miguel dos Campos. Entre 1932 e 1946 foi inspetor-geral do ensino primário no Estado. Em 1933, torna-se diretor do Montepio dos Servidores do Estado de Alagoas e no mesmo ano assume como adjunto de segundo promotor público da comarca de Maceió. Ainda em 1933 é oficial de gabinete da Prefeitura da Capital, e em seguida nomeado prefeito interino de Maceió, no impedimento do seu titular, Alfredo Oiticica. Secretário da Interventoria Federal em Alagoas entre 1934 e 1935. Nesse último ano, foi nomeado primeiro delegado-auxiliar da polícia, em Maceió. Ao final de 1937 passa a responder pelo expediente do Departamento de Ordem Política e Social (DOPS). Entre 1938 e 1942 é censor da imprensa na Capital. Com o fim do Estado Novo, em maio de 1946, é contratado como advogado pelo Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Estado (IPASE), sendo efetivado em 1948 como procurador dessa instituição. Eleito, em janeiro de 1947, deputado estadual pelo PTB, após a promulgação da Constituição, exerce o mandato normal. Reeleito, em 1950, ainda pelo PTB, então coligado com o PST, torna a se reeleger em 1954. Em dezembro de 1955 é eleito vice-governador, na chapa encabeçada por Muniz Falcão. Deixa a Assembleia em janeiro de 1956, assumindo o cargo de vice-governador. Nessa qualidade, ocupou o governo de 15/09/1957 a 24/01/1958, quando do processo de afastamento do titular. Após o término do mandato, assume um cargo de direção na Santa Casa de Misericórdia de Maceió, da qual foi provedor por vinte e nove anos, a partir de 1970. Aposenta-se no IPASE em 1967.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

NACIONAL, O  

Jornal. Surge em Maceió em 14/03/1892, sendo João Gomes Ribeiro o redator-chefe. Publicado às quartas, sextas e domingos. Direção de José Higino de Carvalho. Impresso na tipografia do mesmo nome. Bibl. Nac. microf. ano I, n. 1.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

NACIONAL, O  

Jornal. -Órgão independente-, surge em Penedo, em 1906. Publicado às quartas e sábados. Redator e proprietário: J. Amorim.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

NACONÃ  

Grupo indígena.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

NACÉIA  

Serra. Segundo o IFL, faz parte da Escarpa Cristalino Oriental. Jayme de Altavilla, em sua História da Civilização das Alagoas afirma: -O primeiro ponto avistado pela frota portuguesa é de se presumir que tenha sido um dos cabeços da Serra da Nacêa...-


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

NALDO DO BAIÃO  

(Palmeira dos Índios - AL). Compositor, cantor, sanfoneiro. Discografia: CD Naldo do Baião e Grupo Mistura Fina, Produção Independente.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

NAMASKAR, Súrya  

(Cabo de Santo Agostinho - PE ? 1990). Vendedora. Realizou, juntamente com Tamires Pedrosa, o filme em vídeo Nas Margens, em 2008, documentário. Resultado do prêmio, recebido em 2008, pelo Grupo Saudáveis Subversivos, contemplado pelo projeto Olhar Circular, por meio da Oi Futuro e do Banco do Nordeste, possibilitou a inclusão de 24 adolescentes de Marechal Deodoro que, durante seis meses tiveram aulas para produção de sete documentários, com temáticas selecionadas dentro da realidade da sua cidade. Premiado como Melhor Filme no Festival Favela É Isso Aí, em Belo Horizonte, segundo Elinaldo Barros, na 2ª. edição de Panorama do Cinema Alagoano.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

NAMÉ, Rita Luiza de Pércia  

(Petrópolis - RJ). Escritora, professora. Reside em Maceió desde 1983. Graduação em Musicoterapia CBM-CEU (1976). Mestrado em Letras e Linguística, UFAL (1998). Doutorado em Letras, UFAL (2004). Professora da UFAL desde 1985. Obras: A Totalização do Tempo Pelo Discurso Literário em Meu Amigo Marcel Proust Romance de Judith Grossmann, in Sinfonia Inacabada - Algumas Reflexões Críticas em Torno de "Meu Amigo Marcel Proust Romance", Belmira Rita da Costa Magalhães, Otávio Cabral (orgs.), Maceió, Alagoas: EDUFAL, 1999, v. 500, p. 13-189; D´O GARANI A IL GUARANY: A Trajetória da Mimeses da Representação, Maceió, 2007 (Prefácio, Pósfacio/Apresentação) Recital de Piano - Música Brasileira, 2005 (Apresentação de obra artística/Musical) Vinícius: Verso e (En)Canto, juntamente com Maria de Fátima de Brito, 2007 (Apresentação de obra artística/Musical) Cadernos de Musicalização, 1999 (Partitura Musical/Outro). Capítulo de Livro: O Ensino da Música em Alagoas, in Arte em Alagoas: Algumas Reflexões, juntamente com Ana Flávia Ferraz (orgs.), Maceió: EDUFAL, 2013, p. 97-102.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

NASCIMENTO FILHO, Manoel Ferreira do  

 (AL). Escritor, professor, metereologista. Graduação em Meteorologia, UFAL (1984). Especialização em Agrometeorologia, UFAL (1985). Mestrado em Físico-Quimica do Meio Ambiente, Université de Toulouse III (Paul Sabatier), U.T. III, França (1987). Doutorado em Físico-Química do Meio Ambiente, Université Paul Sabatier (1990). Curso a Distância em Gestao da Qualidade do Ar Em., UFRJ (2003). Extensão universitária em Núcleos Temáticos de Extensão, UFAL (2004). Pesquisador da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado de Alagoas - EPEAL, 1977-93. Professor da UFAL, desde 1994. Obras: Artigos em periódicos: Efeito de Microclimas Sobre a Produtividade do Pimentão na Região Litoral Centro-Sul do Estado de Alagoas, juntamente com M. F. Santos; R. F. F Lyra; M. A. L. Moura; M. T. Rocha Filho, in Atmosfera & Água, Maceió, 1997, v. 1, p. 10-15; Análise de Temperaturas Extremas em Estufas Plásticas, juntamente com M. A. L. Moura; D. K. S. Souza, in Geociências (São Paulo), Maceió-AL, 1997, v. 7, p. 19-29; Variação do Albedo em Áreas de Floresta e Pastagem na Amazônia, juntamente com M. A. L. Moura; R. F. F. Lyra; M. Benincas; J. L. Souza, in Revista Brasileira de Agrometeorologia, Santa Maria, 1999, v. 7, n. n2, p. 1-4; Exposição à Poluição pelo Monóxido de Carbono na Cidade de Maceió-Alagoas, juntamente com M. A. L.Moura; F, O. J. J., in Atmosfera & Água, Alagoas, 2000, V-5, p. 31-33; Variação Sazonal do Ozônio Troposférico, juntamente com E. O. Santos; S, R. Tenório, in Atmosfera & Água, Maceió-AL, 2000, v. V-5, p. 27-29; Comparação da Radiação Solar Global em Áreas de Floresta e Pastagem na Amazônia, juntamente com M. A. L Moura.; R. F. F. Lyra; M. Benincasa; R. S. Tenório; in Revista Brasileira de Meteorologia, 2001, v. 16, p. 91-99; Medições de NO, NO2 e O3 na Amazônia Durante o LBA/Claire 2001, juntamente com M. A. L. Moura; Franz X. Meixiner; Ivone Trebs, in Revista Brasileira de Meteorologia, Brasil, 2004, v. 19, n. 1, p. 49-58; Evidência Observacional das Brisas do Lago de Balbina (Amazonas) e seus Efeitos Sobre a Concentração do Ozônio, juntamente com M.A.L Moura; Franz X. Meixiner; R.F.F. Lyra; Ivone Trebs; M. Andreae, M., in Acta Amazônica, Brasil, 2004, v. 34, n. 4, p. 605-611; Estudo da Concentração de CO2 em Área de Pastagem na Região Amazônica, juntamente com R. S. Silva Junior; M. A. L Moura; Franz X. Meixiner; R. Kormann; R. F. F Lyra, in Revista Brasileira de Geofísica, Brasil, 2005, v. 22, n. 3, p. 259-270; Análise das Concentrações de NOX, NO, NO2, O3 no Centro Urbano de Maceió AL, juntamente com R. C. Fernandes, M. M. R. Silva, in Ciência e Natura, 2007, v. espec, p. 229-231.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

NASCIMENTO FILHO, Miguel Francisco  

(Rio Largo - AL ??). Escritor, poeta. Encantou-se com o cordel quando criança. Aos 38 anos resolveu publicar suas primeiras edições de literatura de cordel. Obras: A Vida e o Fim de Sadam; Quando Sadam Hussen Chegou no Céu; A Gata que Pariu Cachorro; Corno e Traição na Televisão e A Peleja entre o Alagoano e o Sergipano.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

<< Anterior 1 . 2 . 3 . 4 . 5 . 6 . 7 . 8 . 9