A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z

 

FARIAS, José Niraldo de  

(Arapiraca - AL 22/140/1957). Escritor, professor. Filho de Antônio Rodrigues de Farias e Lindinalva Eulália de Farias. Ensino Fundamental e Médio na Escola Estadual José Quintella Cavalcanti, Arapiraca. Graduado em Letras, UFBA (1982). Mestrado em Letras e Linguística, UFBA (1986). Doutorado em Literatura Latino Americana, IU (Indiana University, EUA (1996). Pós-Doutorado na UFRGS (2002). Professor da UFAL desde 1993. Obras: Literatura, Cultura e Sociedade, (org.), Maceió: EDUFAL, 2001; O Surrealismo na Poesia de Jorge de Lima, Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004. O Desejo de Absoluto: Sobre a Arrogância do Literário, Maceió: EDUFAL, 2007. Capítulos de livros: Mito, Cultura e Sociedade em "Vozes Anoitecidas" de Mia Couto, in Literatura, Cultura e Sociedade, José Niraldo de Farias; Sheila Maluf (orgs.), Maceió: EDUFAL, 2001, p. 207-222; Surrealismo e Indigenismo, in Entre Rios e Florestas: O Marajó, Maria do Socorro Simões (org.), Belém: Editora da UFPA, 2002, p. 283-297; Murilo Mendes e Jorge de Lima: Tempo, Surrealismo e Eternidade, in Cecília Meireles & Murilo Mendes, Ana Maria Lisboa de Mello (org.), Porto Alegre: Uniprom, 2002, v. 1, p. 251-256. Artigos em periódicos: O Legado Surrealista na Poesia de Jorge de Lima, in Organon (UFRGS), Porto Alegre - UFRGS, 1994, v. 8, n. 22, p. 217-227; Metalinguagem e Repetição em Um Sopro de Vida de Clarice Lispector, in Leitura. Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras (UFAL), Maceió: 1998, v. 1, n. 22, p. 15-35. Peças de teatro que escreveu: A Revolta dos Urubus (1979) e A Fuga das Notas Musicais (1980), encenadas no Teatro do Instituto Cultural Brasil-Alemanha em Salvador/BA; Manuscrito nº. 06 (1981), encenada no Teatro Gregório de Matos. Salvador /BA; Feliz Aniversário! (1981), encenada no Teatro Vila Velha. Salvador (BA). Peças de teatro que dirigiu: A Casa de Bernarda Alba, de Federico García Lorca, no Teatro Maria Bethânia, Salvador/BA (1980) O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá, adaptação do texto de Jorge Amado, no Teatro do Instituto Cultural-Brasil Alemanha (ICBA), Salvador/BA (1987).


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

FARIAS, João de Alcântara  

( ? ). Deputado estadual na legislatura 1897-98.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

FARIAS, Lauro  

(Santana do Ipanema - AL). Deputado estadual, professor, advogado. Bacharel em Direito pela Faculdade Nacional de Direito, do Rio de Janeiro (1956) doutorado em Direito Público, Faculdade de Direito, UFAL, (1966) aperfeiçoamento em Direito Privado, UFAL (1967) e especialização em Direito Civil, UFAL, 1968. Curso de Direito Internacional Privado (Holanda, 1966) e de Direito Processual, (Inglaterra, 1984). Professor de Direito Civil, na Faculdade de Direito da UFAL, como também de Direito Processual Civil, Direito Internacional Privado e Economia Política. Deputado estadual, pelo PSD, na legislatura 1963-67. Suplente de deputado federal, pelo PL, na legislatura 1995-1999. Membro fundador do PL em Alagoas e membro do seu Diretório Nacional.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

FARIAS, Lucas  

(Maceió - AL ?). Músico. Graduado em música pela UFAL. Estudou alguns instrumentos musicais como teclado, violão, violino e principalmente piano. Em 1997, entrou na equipe de louvor da igreja Batista El Shaddai, para tocar teclado. Em seguida, estudou saxofone tenor e começou a tocar. Tocou com vários músicos e cantores alagoanos, realizando seu trabalho instrumental com o saxofone. Teve seu primeiro contato com a flauta transversal. Atualmente é flautista da Orquestra de Câmara da UFAL. Lançou o CD Sentimentos, 2007; produziu o CD Nascidos Para Adorar, gravado ao vivo em sua igreja. Publicou seu primeiro livro Voltando à Essência da Adoração, Maceió: Editora Átrium, 2008. Gravou seu segundo CD: Tu És Fiel, Senhor, em 2009. Atualmente é regente da Orquestra El Shaddai e líder da equipe de louvor da igreja Batista El Shaddai.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

FARIAS, Luiz Antonio de  

(Santana do Ipanema - AL 30/09/1943). Escritor, bancário. Filho de José Vieira de Farias e Aristhea Vieira de Farias. Primário no Grupo Escolar Padre Francisco Correia, ginasial no Ginásio Santana e o curso técnico comercial na Escola Técnica do Comércio Santo Tomaz de Aquino, todos em sua cidade natal. Trabalhou como balconista na loja de calçados Casa Ideal, na mesma localidade. Aprovado em concurso, exerceu suas funções profissionais no Banco do Brasil em Santana do Ipanema, em Barreiros e em Recife - estas no estado de Pernambuco - até sua aposentadoria em março de 1993. Membro da Academia Santanense de Letras Ciências e Artes, cadeira n 01, cujo patrono é Adelson Isaac de Miranda. Obras: Saudade, Meu Remédio é Contar, Maceió: Qgráfica, 2010; IF-AL - A Vitória da Persistência, Maceió, Qgráfica, 2012; A Saga da Família Sorriso. Santana do Ipanema, SWA Instituto 2013.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

FARIAS, Natalício Lopes de  

(Engenho Mauriti - AL 16/11/1900 - ). Médico. Filho de Esperidião Lopes de Farias e Cândida Lopes Lamenha. Curso primário em sua casa e o secundário no Colégio 15 de Março, em Maceió. Curso superior na Faculdade de Medicina da Bahia, e, depois, na do Rio de Janeiro, onde se formou em 1924. Foi assistente do Serviço de Oftalmologia do Hospital São Francisco de Assis, no então Distrito Federal. Foi, ainda, chefe do Serviço de Oftalmologia do Centro Médico Pedagógico Oswaldo Cruz e delegado, no Brasil, da Pan American Congress of Ophtalmology Comitee for the Prevention of Blindness, com sede em Chicago (USA). Publicou artigos em revistas especializadas, entre os quais se destacam Tratamento da Atrofia do Nervo Óptico pela Malarioterapia e Tortuosidade dos Vasos Retinianos, Sinal de Lues Congênita. Laureado pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro com o Prêmio Gunning, Secretariou o IV Congresso Brasileiro de Oftalmologia, realizado no Rio de Janeiro, em 1941. Membro da Sociedade Brasileira de Oftalmologia.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

FARIAS, Osman Loureiro  

Veja LOUREIRO, Osman.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

FARIAS, Paulo César Siqueira Cavalcante, conhecido como PC Farias  

 (Passo do Camaragibe 20/09/1945 1946 ? - Maceió AL 23/06/1996). Empresário. Filho de Gilberto Lopes Farias e Joselita Holanda Cavalcante Farias. Estudou no Seminário Metropolitano de Maceió e no Colégio Estadual de Alagoas. Deu aulas de Latim e Francês e trabalhou como locutor da Rádio Palmares, vinculada à Igreja Católica. Estudava Direito, em Maceió, quando assumiu o cargo de secretário particular do governador Antônio Lamenha Filho. Depois, tornou-se empresário, na área do comércio. Atuou no setor financeiro da campanha de Fernando Collor a governador. Tesoureiro da campanha de Fernando Collor e Itamar Franco, nas eleições presidenciais de 1989. Foi a personalidade chave que causou o primeiro processo de impeachment de um presidente da República, na América Latina. Foi acusado por Pedro Collor de Mello de que seria o testa de ferro de diversos esquemas de corrupção, divulgados de 1992 em diante. O então conhecido Esquema PC teria movimentado mais de U$S 1 bilhão.Chegou a ser condenado, cumpriu parte da pena e foi posto em liberdade condicional. Retomou às atividades comerciais, inclusive ao projeto do jonal A Tribuna de Alagoas. Morreu assassinado.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

FARIAS, Roberto Costa  

(Maceió - AL 1965). Arquiteto, urbanista. Filho de Roberto Correia Farias e Nedja Maria Costa Farias. Primário e Fundamental na Escola Professor José Vitorino da Rocha e Escola Princesa Isabel (CEPA) e o médio no Colégio Marista. Graduação em Arquitetura e Urbanismo, UFAL (1992) com o TCC: Escola Para o Bairro do Benedito Bentes. Especialização Docência para o Ensino Superior, FEJAL (em andamento). Conselheiro e Coordenador da Câmara de Arquitetura e Urbanismo do CREA-AL (1996-2000), Vice Presidente do IAB-AL (1999-2001),Diretor do Pró Memória, SECULT (1999-2003). Professor Fundador do curso de Arquitetura e Urbanismodo CESMAC (2000-14). Coordenador de Arquitetura e Urbanismo CESMAC (2000-05), Coordenador NGA CESMAC (2008-12), Diretor de Fomento Habitacional, Agência de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de Alagoas - ADHU/AL (2007-08). Diretor de Desenvolvimento Urbano da SEINFRA (2008-10). Membro do corpo editorial da Revista Alicerce (2005-12). Sócio de ARies Arquitetos, desde 1993. Trabalhos técnicos: Projeto arquitetônico Maceió Jazz Festival, 1995; Projeto Restauro Sobrado 151, Penedo (2004) Projeto Restauro e Requalificação Palácio Arquiepiscopal de Maceió 2007; Projeto de Revitalização e Requalificação Urbana da Orla Marítima de Cruz das Almas - Jacarecica 2010; Projeto para Orla Marítima de Porto de Pedras (2011) projeto para Orla Marítima de Paripueira (2013) Projeto para Melhorias Urbanas de Porto Calvo, 2015; Coletivas: Talentos Expostos (1996) Casa da Palavra (2000 e 2001) Armazén 384 (2002) Vidas Secas (2003) Bienal do Livro (??) Salão da Marinha (??) Retrospectiva da obra, Stúdio 76 (2014-2015) 1º Salão de Arte Contemporânea de Alagoas, Complexo Cultural Teatro Deodoro, 16 a 30/01/2015. Tem artigos na Gazeta de Alagoas, Revista Ensaio, Jornal do CREA-AL, Boletim do IAB-AL, Participação em Mostras: Ambientes - WC masculino(2003) Casa da Criança, receptivo(2001) e WC Recepção (2004) Nacasa, Espaço Jorge Cooper (2008) Casas Cor Alagoas, Champangneria e Petiscaria (2014).


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

FARIAS, Rose Maria Bastos  

 (? ). Escritora. Obra: Capítulo de livro: O Uso da Internet e sua Influência na Aprenidzagem Colaborativa de Alunos e Professores Numa Escola Pública de Maceió, juntamente com Marineide Lima de Queiroz Freitas, in Práticas Pedagógicas com Mídias na Escola, Luis Paulo Leopoldo Mercado (org.), Maceió: EDUFAL, 2013, p. 335-340.


Para alteração no verbete, faça uma solicitação pelo formulário abaixo:

:



:
 

4 . 5 . 6 . 7 . 8 . 9 . 10 . 11 . 12